• Daniel Santa Cruz

Indicadores de RH: o que são, como usá-los e quais os mais adequados para a sua empresa

O RH é o coração das organizações e os indicadores são como uma bússola que aponta para quais direções uma boa gestão de pessoas deve seguir, aumentando a performance da empresa e reduzindo a chance de erros de percurso.

O Departamento de Recursos Humanos é o coração de muitas empresas e, normalmente, é um setor com “muitos sentimentos envolvidos”, afinal, é a esfera que tem como principal responsabilidade as pessoas. Os profissionais que trabalham nessa área lidam com os recursos, as potencialidades e, claro, com os pontos a serem desenvolvidos de todos os profissionais engajados numa organização. Como tudo que é humano, o RH lida com aspectos intangíveis da subjetividade de cada colaborador que influenciam diretamente no clima organizacional. Para os aspectos tangíveis – dados, resultados e índices –, entretanto, há indicadores de RH que podem ajudar no trabalho do setor, funcionando como uma bússola que aponta para quais direções a gestão da empresa deve seguir.

Em suma, os indicadores de RH levantam dados que, se bem trabalhados, lançam luz sobre os resultados da companhia e mantêm os gestores devidamente informados sobre os colaboradores da empresa. O uso adequado desses indicadores pode ajudar a equipe a entender acontecimentos dentro da organização, servindo de base para a tomada de decisão no momento de solucionar eventuais problemas, buscando sempre o melhor desempenho da companhia.

Confira, a seguir, o que são os indicadores de RH, como usá-los, e quais deles podem ser mais proveitosos para a sua empresa.

O QUE SÃO OS INDICADORES DE RH?

Os indicadores de RH, também conhecidos como KPIs de RH – do inglês key performance indicator, ou seja, indicador-chave de desempenho –, são uma ferramenta utilizada pelo próprio setor de RH e também pelos gestores para monitorar os processos em uma companhia e entender o que está funcionando, o que não está funcionando tão bem e como agir para que se possa solucionar os problemas.

Na prática, tratam-se de dados e métricas que você pode escolher para acompanhar o andamento dos processos, em vez de se perder com uma quantidade imensa de relatórios e dados muito abrangentes e sem tratamento. Ou seja, você escolhe qual indicador vai empregar para observar a performance dos colaboradores e da companhia e, assim, fica mais focado no que mais interessa para sua gestão.

Os indicadores de RH revelam em dados concretos o que está acontecendo na empresa, o que, muitas vezes, fica difícil de entender e calcular, desde aquilo que está indo bem até os processos que precisam ser aperfeiçoados.

Analisando os indicadores de RH de forma adequada, a realidade dos cenários vem à tona e, a partir daí, é possível desenvolver e executar planos, estratégias e campanhas para melhorar os índices mais alarmantes.

QUAL A IMPORTÂNCIA DOS INDICADORES DE RH?

Não adianta “empurrar com a barriga”. Para gerenciar, é preciso medir. E, para medir, é preciso saber entender o que os dados estão nos dizendo. É por isso que os indicadores de RH são tão fundamentais.

Os KPIs de RH simplificam a gestão dos colaboradores e o entendimento da evolução dos processos, permitindo que a área de Recursos Humanos e os gestores vejam não apenas o que estão fazendo em suas áreas, mas o que a companhia como um todo está fazendo. 

Saber trabalhar com os indicadores de RH garante eficiência e transparência, e mais: faz com que todos estejam trabalhando na mesma direção. Para saber “como estamos indo?” – em vez de procurar respostas em planilhas, dados soltos ou, pior ainda, se basear em “achismos” fadados a equívocos ­– que servem os indicadores de RH.

INDICADORES DE RH TRADICIONAIS

Para iniciar um trabalho com os indicadores de RH em sua empresa, talvez seja bom começar pelos mais conhecidos.

Os indicadores que se aplicam à maior parte das organizações são: o absenteísmo, o turnover, o ROI (retorno sobre investimento) em treinamentos e o clima organizacional. Eles podem ser uma excelente base para uma análise assertiva dos processos em uma empresa. Conheça-os: Absenteísmo: do inglês to be absent, estar ausente, faltar. Esse indicador mede as ausências dos colaboradores, incluindo atrasos, saídas mais cedo e faltas. Isto é: quando os funcionários deveriam estar trabalhando e não estão. Se o índice de absenteísmo estiver alto, pode prejudicar o desempenho da companhia, e é preciso buscar entender a origem desse problema: A comunicação está ruim? Os processos estão mal estruturados? A remuneração está baixa? Falta infraestrutura? Experimente trabalhar nessas possíveis motivações para um alto absenteísmo e depois mensure novamente as ausências.

Turnover: literalmente, significa rotatividade. Em outras palavras, representa a taxa de substituição de funcionários dentro de um determinado período de tempo. Uma alta rotatividade custa caro para as empresas, diminui os resultados da companhia e pode acabar fortalecendo a concorrência, que pode estar absorvendo esses talentos que se foram. Para diminuir a incidência desse fenômeno e diminuir esse índice, é necessário entender qual a real motivação que tem levado os colaboradores a deixarem a empresa. Sem entender o que de fato aconteceu é impossível desenhar um plano de ação para evitar que isso se repita.

ROI em treinamentos: ROI é mais uma sigla em inglês, que significa retorno sobre investimento. Esse indicador de RH mede o quanto o desenvolvimento dos talentos da empresa está gerando de retorno para a mesma, ou seja, se o que foi investido nos colaboradores “valeu a pena” e foi revertido em resultados palpáveis. O americano Donald Kirkpatrick, um dos autores mais importantes da área de Recursos Humanos do século XX, estabeleceu quatro níveis para calcular a eficácia desse retorno. São eles:

NÍVEL 1: quais as reações e o nível de satisfação de quem foi treinado;

NÍVEL 2: o que e o quanto foi aprendido;

NÍVEL 3: quais mudanças de comportamento e aperfeiçoamentos foram alcançados com o treinamento;

NÍVEL 4: quais foram os resultados atingidos, principalmente em termos de negócios.

Um ROI em treinamentos baixo significa que as estratégias de desenvolvimento de pessoas que estão sendo aplicadas precisam ser mais eficazes. É preciso entender melhor o que está acontecendo durante e após os treinamentos para traçar novas rotas.

Clima organizacional: isso mesmo, é o clima da organização. Esse indicador de RH parece tão óbvio, mas muitas vezes acaba passando batido. Como ter uma boa performance se o clima na empresa não está bom? Há muitas maneiras de mensurá-lo, mas talvez a melhor forma seja realizando diagnóstico de engajamento com os colaboradores: colhendo dados que mostrem o grau de satisfação das equipes, a motivação dos funcionários, a eficiência das lideranças, você poderá ter uma dimensão mais precisa de como está o clima e, assim, pensar em ações para melhorar a situação. Não há como descobrir como está o clima sem tocar no assunto.

NOVOS INDICADORES DE RH

Os indicadores de RH tradicionais seguem válidos, sendo muito importante conhecê-los e utilizá-los. No entanto, atualmente, com o avanço da tecnologia e as mudanças constantes no mundo corporativo, a área de RH tem recebido mais demanda por dados.

Há novos KPIs de RH sendo tratados hoje. Conheça dois indicadores de RH que vem sendo cada dia mais trabalhados dentro das organizações:

Indicador de engajamento

O indicador de engajamento é como uma evolução do indicador de clima organizacional. Ele tem uma proposta mais profunda e detalhada, analisando cinco aspectos principais: a conscientização, o compromisso, o pertencimento, o orgulho e o compartilhamento entre os colaboradores.

Ele pode ser levantado a partir de um diagnóstico de engajamento, que avalia e revela todos os fatores, diretos e indiretos, implicados nas relações interpessoais que ocorrem em uma organização. Assim, ele oferece dados importantes para pensar em estratégias de como fortalecer o vínculo dos funcionários com a marca, como melhorar a rotina de trabalho, entre outros fatores, contribuindo para o aumento da produtividade e a otimização de resultados. Em síntese, esse indicador de RH propicia ao departamento de Recursos Humanos e aos gestores das companhias um entendimento além dos números, fazendo com que eles conheçam profundamente seus colaboradores, direcionando de maneira mais assertiva os planos estratégicos da empresa.

Indicador de diversidade

O ser humano é diverso por natureza, e nas organizações não é diferente. Hoje, mais do que nunca, é ponto pacífico que uma empresa com colaboradores das mais diversas origens e identidades só sai ganhando, tanto em termos de resultados como para as relações entre os próprios funcionários. Empregar pessoas de diferentes classes sociais, raças, etnias, orientações sexuais e identidades de gênero melhora o clima organizacional e proporciona soluções criativas para a organização. Segundo pesquisa da McKinsey & Company, empresas com diversidade étnica e racial têm 35% mais chance de apresentar rendimentos acima da média no setor. Em números, nos Estados Unidos, isso significa que a cada 10% de aumento na diversidade racial ou étnica na equipe, os lucros aumentaram em 0,8%. Para mensurar esse indicador de RH é preciso tocar no assunto com os colaboradores, fazê-los sentir-se à vontade e conhecê-los melhor. Com pesquisas, bate-papos e dinâmicas você pode entender melhor como é composto seu quadro de funcionários e como fazer para diversificá-lo ainda mais. Um colaborador que se sente acolhido e respeitado trabalha mais satisfeito, se engaja mais com a empresa e traz melhores resultados.

Você utiliza os indicadores de RH na sua empresa? Tem histórias para contar sobre isso? Quais são os KPIs de RH mais adequados para a sua companhia? Compartilhe com a gente no campo de comentários!

VEJA TAMBÉM EM NOSSO BLOG

5 principais erros no controle dos KPIs de RH

Como fazer o cálculo do absenteísmo?

Como mostrar para a liderança a importância da diversidade?

Compartilhe isso:

  1. Clique para compartilhar no LinkedIn(abre em nova janela)

  2. Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)

  3. Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)

  4. Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo

©2020 por Santo Caos.