• Daniel Santa Cruz

Como mensurar os resultados de um programa de diversidade?

O processo de inclusão de diferentes minorias dentro da sua empresa é cada vez mais importante. Mas, como medir se isso está funcionando? Preparamos algumas dicas para você. Dê uma olhada!

Estudos mostram que empresas com um quadro de funcionários que inclui minorias pode alcançar mais lucros do que suas concorrentes. Além disso, é muito comum estas organizações ganharem visibilidade no mercado pelo fato de darem importância ao tema da inclusão. Por isso, muitas companhias já possuem programa de diversidade. Mas a questão que fica é: será que estes programas têm tido efetividade? Neste artigo, selecionamos algumas dicas que ajudarão você a mensurar os resultados do programa de diversidade de sua companhia. Acompanhe!

1. Faça um recenseamento interno sobre o seu quadro de funcionários.

O primeiro passo para medir os resultados de um programa de diversidade na empresa é verificar regularmente se o seu quadro de funcionários é inclusivo: quantos negros, LGBTQ+s, PCDs, mulheres, entre outras minorias, trabalham na organização? Estes números já revelarão se você pode se orgulhar ou se preocupar com o programa de diversidade vigente.

Aqui, também é importante observar se estas minorias ocupam cargos de liderança dentro da companhia. Este é mais um indicativo essencial para avaliar se o seu programa de diversidade está realmente funcionando ou ainda precisa de ajustes.

2. Cruze dados do programa de diversidade com indicadores da empresa.

Saber se o programa de diversidade está sendo efetivo é fundamental para o bem-estar geral da empresa. Para que isso aconteça, é necessário avaliar o antes e depois de diversos indicadores, a partir da contratação de minorias.

Além do recenseamento regular, que analisa os dados diretamente relacionados à diversidade, como a presença de mulheres, negros, LGBTQ+s e PCDs na empresa, também é importante avaliar, por exemplo, como ficou o clima organizacional e os resultados da companhia após as novas contratações.

Também é interessante examinar as taxas de absenteísmo, de turnover e até mesmo impactos sobre a satisfação dos clientes.

3. Veja se os funcionários compreendem a importância de um programa de diversidade.

Procure saber dos próprios funcionários o que eles pensam sobre o programa de diversidade implantado pela empresa. Se você perceber que eles não têm claro o propósito da ação, pode ser um sinal de que o projeto não atingiu os seus objetivos. Os colaboradores devem entender o quanto um programa de diversidade é benéfico para a organização e para eles próprios. A troca e convivência com pessoas de diferentes gêneros, etnias, culturas e realidades sociais proporcionam grande crescimento pessoal e profissional.

Sua empresa já possui um programa de diversidade? Você tem alguma dica para ajudar a mensurar os resultados de ações de inclusão? Se sim, nos conte aqui no campo de comentários.

VEJA TAMBÉM EM NOSSO BLOG

Como mostrar para a liderança a importância da diversidade? Indicadores de RH: o que são e como usar? 4 ideias inovadoras para o RH Inclusão Racial: O que as empresas podem fazer para mudar o status quo

Compartilhe isso:

  1. Clique para compartilhar no LinkedIn(abre em nova janela)

  2. Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)

  3. Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)

  4. Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)

8 visualizações

©2020 por Santo Caos.