• Daniel Santa Cruz

Como medir o engajamento dos funcionários?

04 estratégias para traduzir em números o envolvimento dos colaboradores com a organização.

Já falamos aqui em nosso blog sobre como uma equipe com baixo engajamento pode trazer malefícios para as empresas  — uma das principais consequências deste fenômeno é a baixa produtividade dos colaboradores. Também já demos ideias de ações para aumentar o engajamento dos funcionários. Hoje abordaremos outro tema muito importante deste mesmo universo:  como medir o engajamento dos funcionários.

Nesse artigo você conhecerá 04 estratégias simples e fáceis para mensurar o engajamento dos colaboradores de sua empresa. Acompanhe!

1.REALIZE UM DIAGNÓSTICO DE ENGAJAMENTO

Uma ferramenta poderosa para medir o engajamento dos funcionários são os diagnósticos de engajamento, que devem ser realizados, preferencialmente, por um fornecedor externo especialista na área. Capazes de avaliar os níveis de motivação e satisfação dos talentos, os diagnósticos podem oferecer uma perspectiva muito ampla e autêntica sobre a empresa, identificando pontos fortes e fracos da organização e detectando problemas facilmente solucionáveis, e até mesmo obstáculos estruturais a serem sanados.

Vale frisar que este tipo de processo só fornecerá dados seguros para medir o engajamento dos funcionários se realizado de forma profunda e detalhada, isto é, levantando e cruzando dados qualitativos e quantitativos.

2.ELENQUE E MENSURE OS INDICADORES DE PRODUTIVIDADE

Procure elencar indicadores de produtividade, mesmo para atividades que pareçam imensuráveis. Uma maneira de avaliar a produtividade dos colaboradores é estabelecer metas diárias, semanais, mensais e anuais para todos os setores da empresa, analisando o alcance ou não desses objetivos. Este exame fornecerá dados importantes sobre o panorama organizacional, fundamentais para medir o engajamento dos funcionários.

3.ANALISE FENÔMENOS DIRETAMENTE RELACIONADOS AO ENGAJAMENTO

Alguns fenômenos estão diretamente relacionados aos índices de engajamento dos funcionários. Taxas de turnover e a absenteísmo são exemplos de números que podem revelar  a satisfação ou o descontentamento dos colaboradores.

Se uma organização apresenta um alto índice de rotatividade, sendo incapaz de reter talentos por muito tempo, muito provavelmente este é um sinal desengajamento da equipe. O mesmo vale para empresas com um grande número de faltas, atrasos e saídas no horário do expediente.

Assim como é fundamental um monitoramento contínuo dos indicadores de produtividade a fim de medir o engajamento de funcionários, também é imprescindível um acompanhamento contínuo de índices como os de turnover e absenteísmo.

4.ACOMPANHE OS INDICADORES DE PRODUTIVIDADE

Os contextos internos e externos das organizações estão cada dia mais dinâmicos e se transformam com muita velocidade. Por isso, medir o engajamento dos funcionários não é uma ação pontual, mas contínua. Assim, recomenda-se que a mensuração e a análise dos indicadores de produtividade seja periódica. Com estas informações sempre atualizadas torna-se mais fácil compreender situações organizacionais complexas e rapidamente sanar cenários que contribuam para a queda do engajamento dos funcionários.

Medir o engajamento dos funcionários é também uma maneira de medir a “saúde” de uma organização! Compartilhe a sua opinião conosco no campo de comentários.

VEJA TAMBÉM EM NOSSO BLOG

Questionário de clima organizacional: como fazer?

Absenteísmo: causas e consequências no trabalho

Compartilhe isso:

  1. Clique para compartilhar no LinkedIn(abre em nova janela)

  2. Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)

  3. Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)

  4. Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)

#comomediroengajamentodefuncionário

0 visualização

©2020 por Santo Caos.