• AEVO

Avaliação por competências: o que é, benefícios e como fazer

Para que uma empresa tenha sucesso, é fundamental que ela conte com uma equipe de profissionais de alta performance. No processo de construção dessa equipe, a avaliação dos colaboradores é um dos aspectos chave. Existem várias formas de realizar essa avaliação; uma delas, é a avaliação por competências, que você vai conhecer neste artigo.


O que é a avaliação por competências?

Avaliação por competências é a forma de avaliação de colaboradores focada em obter evidências do desempenho do indivíduo em relação a competências consideradas relevantes para a função que ele desempenha e para a organização como um todo.

Ao contrário de outros tipos de avaliação, a avaliação por competências é realizada observando o desempenho do profissional ao longo do tempo, sem uma data ou prazo específico para a análise. Além disso, os resultados não são comparados entre os colaboradores, mas apenas em relação a critérios objetivos.


Benefícios da avaliação por competências

A avaliação por competências traz benefícios significativos, tanto para a organização quanto para os profissionais avaliados. Veja quais são os principais.


Motiva e engaja os colaboradores

Devido à sua objetividade, a avaliação por competências traz para o colaborador a certeza de que ele está no controle de seu desenvolvimento profissional e que receberá oportunidades de acordo com seu mérito. Por isso, ela colabora para manter a motivação e o engajamento dos colaboradores.


Identifica desempenhos satisfatórios

Por ter foco em competências relevantes, a avaliação por competências é muito eficaz para identificar quais colaboradores apresentam desempenhos superiores dentro da equipe. Por esse motivo, ela é uma grande aliada na hora de selecionar quais colaboradores devem ser designados para cargos com mais responsabilidade dentro da organização.


Possibilita o reconhecimento coerente

Mesmo quando não há promoção ou aumento de salário envolvido, prestar o devido reconhecimento aos colaboradores que o merecem é fundamental para manter um clima positivo dentro da empresa. A avaliação por competências permite que a prestação de reconhecimentos seja coerente, evitando o sentimento de “favoritismo” que pode prejudicar a construção de uma equipe unida.


Aumenta a produtividade dos colaboradores

Como a avaliação por competências não é um evento pontual, mas um processo que se desenvolve ao longo do tempo, ela promove o aumento da produtividade dos colaboradores, pois eles sabem que seu desempenho está sendo continuamente observado e analisado.


Promove a melhoria contínua do desempenho

Os resultados da avaliação por competências são uma rica fonte de informações sobre oportunidades de melhoria no desempenho profissional. Por isso, se esses resultados forem apresentados adequadamente e utilizados como referência para transformações na forma de trabalhar, eles colaboram para que cada indivíduo da equipe apresente um movimento de melhoria contínua.

Leia também: Como criar lideranças inspiradoras para o engajamento de funcionários?


Como a avaliação por competências é feita?

Agora que você já sabe os principais benefícios que a avaliação por competências pode trazer a todos os envolvidos, vamos responder a uma questão mais prática: como ela é feita. Para isso, temos cinco recomendações.


Levantamento das competências

A primeira recomendação é começar pelo levantamento das competências que serão avaliadas no processo. Para isso, é preciso identificar competências que sejam efetivamente relevantes para cada função, setor, ou para a organização como um todo. Além disso, o levantamento deve incluir competências conceituais, técnicas e interpessoais.

É natural que haja conjuntos de competências diferentes a avaliar, de acordo com o trabalho que os colaboradores realizam dentro da empresa. Por exemplo, o perfil esperado de um vendedor é diferente daquele esperado de um analista financeiro.


Mapeamento de perfil de todos os colaboradores

A segunda recomendação é fazer um mapeamento de perfil de todos os colaboradores. Esse é o momento de entender quais daquelas competências relevantes, que foram identificadas no levantamento, cada indivíduo realmente apresenta – e em qual nível.

Esse mapeamento pode ser realizado de várias maneiras, como aplicação de testes e análise de currículo, mas a principal é a observação do desempenho dos colaboradores no dia a dia. A participação dos líderes de equipe nesse processo é indispensável.


Recolha feedback das equipes

A terceira recomendação é uma forma de aprofundamento da avaliação. Após fazer suas próprias observações sobre o perfil dos colaboradores, você pode ouvir as opiniões das equipes.

Cada colaborador poderá fazer uma avaliação do desempenho dos seus colegas. Afinal, ninguém pode identificar pontos fortes e fracos melhor do que as pessoas que trabalham lado a lado diariamente.

Para que essa etapa tenha bons resultados, é fundamental que esse feedback seja realizado e recebido de forma positiva, não agressiva. Em alguns casos, um feedback anônimo pode ser a solução mais simples.


Coloque os colaboradores em situações reais

A quarta recomendação é desafiar os colaboradores, colocando-os em situações reais que vão demandar o uso das competências que são desejadas para aquela função. Esses desafios não são apenas uma maneira de avaliar os colaboradores, mas também um caminho para treiná-los e promover seu aprimoramento.


Aposte na gamificação

A recomendação final é aproveitar a tendência atual de gamificação, isto é, incluir a dinâmica dos jogos na sua avaliação por competências. Você pode lançar um programa de ideias e tornar o processo mais dinâmico, aumentar o engajamento e promover o intraempreendedorismo e um sentimento saudável de competitividade entre os colaboradores.


Como fazer uma boa gestão por competências?

Realizar a avaliação por competências tem, como vimos, vários benefícios. Porém, essa avaliação é apenas uma ferramenta dentro de um cenário mais amplo: a gestão por competências.

A gestão por competências consiste em um método de gestão de equipes que tem como objetivo central promover o desenvolvimento das competências relevantes para cada colaborador, bem como assegurar que aqueles com o perfil mais completo em relação a essas competências possam avançar dentro da organização.

Para fazer uma boa gestão por competências, é fundamental haver clareza em quais são as competências desejadas e as metas em relação ao seu desenvolvimento. Também é preciso haver um planejamento sólido para a maneira como os colaboradores serão incentivados e auxiliados em seu desenvolvimento.

Além disso, feedbacks e estímulos adequados são outros elementos chave. Não adianta haver a avaliação, se o colaborador não for informado do seu desempenho e receber o incentivo para se aperfeiçoar.

Tudo isso colabora para o desenvolvimento de uma cultura de inovação na empresa, em que os colaboradores são destacados por suas habilidades e buscam os melhores resultados através delas.


Conclusão

Neste artigo, foram abordados os principais pontos da avaliação por competências: conceito, benefícios, como realizá-la. Você também entendeu como esse tipo de avaliação está relacionada com um cenário ainda mais amplo: o da gestão por competências.

Aplicar esses conhecimentos na gestão de pessoas da sua empresa pode ajudar a formar uma equipe de alta performance e, assim, alavancar o desempenho do seu negócio graças à qualidade do seu capital humano.



34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

©2020 por Santo Caos.