• Daniel Santa Cruz

3 ideias para diminuir acidentes de trabalho

Conheça ideias simples que podem ajudar na construção de um ambiente de trabalho mais seguro

Segurança e Saúde no Trabalho é um assunto de extrema importância para colaboradores e empregadores, sendo inclusive regulamentado pela CLT.

Diminuir os acidentes de trabalho, além de ser um dever de valorização à vida, também gera um saldo positivo para o bolso das empresas — afinal, os investimentos em segurança normalmente são menores do que os gastos com indenizações e os prejuízos decorridos do absenteísmo.

Diminuir os acidentes de trabalho pode ser simples. Quer três dicas? Leia nosso artigo.

1. NÃO FAÇA SOZINHO

Todos dentro de uma organização têm o direito e o dever de evitar os acidentes de trabalho. Assim, para engajar os funcionários neste tema, comece estabelecendo uma comunicação eficiente, isto é, que apresente a importância de se desenvolver e colocar em prática uma política de segurança do trabalho.

Outra ação que pode ser bastante eficiente é eleger um representante de segurança ou formar uma equipe entre os funcionários. Juntos vocês podem elaborar atividades voltadas, por exemplo, para o incentivo do uso dos EPIs, para a proteção dos riscos, o que fazer em situações de emergência etc.

Ouvir os colaboradores também é muito importante. Afinal, quem trabalha todos os dias no mesmo ambiente pode apontar grandes e pequenas falhas com muita propriedade. Além disso, essa estratégia ajuda a estreitar as relações e aumentar a confiança entre as partes.

2. TENHA CONSCIÊNCIA DE TODOS OS RISCOS

Para diminuir os acidentes de trabalho é importante conhecer muito bem as rotinas dos funcionários e o ambiente onde elas acontecem. Para isso, é recomendada a contratação de uma empresa especializada nesta área, que será responsável por realizar um mapeamento completo e um planejamento das mudanças necessárias.

Nesta análise, podem ser levados em consideração os riscos de incêndio; a iluminação e a ventilação de salas; as rotinas de carregamento, armazenagem e transporte de materiais perigosos ou pesados; a acessibilidade; as condições gerais dos equipamentos e móveis; a incidência de pisos escorregadios e desníveis; a exposição de fios, poeira ou gases; a concentração de eletricidade ou calor etc.

Após o mapeamento, a empresa irá propor alterações para melhor atender a segurança dos funcionários. Muitas vezes, medidas simples, como a utilização de uma placa sinalizando chão escorregadio ou a troca de uma lâmpada, aumentam significativamente os níveis de proteção no ambiente de trabalho.

3. ESTEJA ATENTO À QUALIDADE DE VIDA DOS FUNCIONÁRIOS

Colaborador desengajado, estressado, cansado e que não cuida da própria saúde realiza as suas atividades com atenção reduzida, contribuindo para a ocorrência de acidentes de trabalho.

Por isso, ações que ajudam a promover mais qualidade de vida ao funcionário são sempre indicadas: ginástica laboral, quick massage, academia corporativa, palestras sobre saúde física e mental ou até mesmo o estabelecimento de “pausas coletivas” para alongar o corpo. Estas são algumas práticas que podem auxiliar na criação de um ambiente de trabalho mais saudável e seguro.

Este artigo sobre acidentes de trabalho foi útil? Compartilhe sua opinião conosco no campo de comentários!

VEJA TAMBÉM EM NOSSO BLOG

Absenteísmo: causas e consequências no trabalho

4 ideias para aumentar o engajamento de funcionários

Questionário de clima organizacional: como fazer?

Imagem: Freepik

Compartilhe isso:

  1. Clique para compartilhar no LinkedIn(abre em nova janela)

  2. Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)

  3. Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)

  4. Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)

#acidentedetrabalho #evitaracidentedetrabalho

0 visualização

©2020 por Santo Caos.