• Daniel Santa Cruz

3 desafios das empresas para se comunicar bem remotamente

Aqui na Santo Caos, temos ouvido de muitas empresas uma grande preocupação em relação à gestão de pessoas em tempos de quarentena – veja aqui um pouco mais sobre esse tema. E como sabemos, manter uma boa comunicação interna remota não é uma tarefa simples. Por isso, se na sua empresa a comunicação não está no nível ideal, não se preocupe! Você não está só.

Listamos abaixo alguns dos desafios que as organizações têm enfrentado na comunicação interna remota, e a boa notícia é que todos eles podem ser solucionados. Confira!

1. Canais tradicionais que deixaram de funcionar

Principalmente em organizações maiores, é comum vermos canais de comunicação corporativos que visam atingir um grande número de colaboradores. Por exemplo: TV corporativa, e-mail, intranet, ativações no ambiente de trabalho, e até mesmo mural e outros meios impressos.

Alguns desses canais podem funcionar remotamente, mas surge o desafio de se comunicar sem ter à mão os meios de comunicação mais tradicionais. O e-mail, uma das ferramentas mais utilizadas no mundo corporativo, tem acesso remoto limitado em algumas empresas, por segurança.

Assim, este contexto provavelmente servirá como catalisador para a digitalização e democratização dos canais de comunicação nas empresas. Muitas organizações terão que ser criativas para uma boa comunicação interna remota, principalmente com profissionais que trabalham em fábricas, fazendas e outras unidades operacionais com pouco acesso à internet. Canais “informais” como o WhatsApp podem ser melhor aproveitados a favor da comunicação nas empresas.

2. Líder pouco preparado para comunicar

Um dos principais canais de comunicação, além dos que citamos no tópico anterior, é o próprio líder. Seja em reuniões formais ou no boca a boca, em muitos casos o gestor imediato funciona como um elo entre a alta liderança e as equipes operacionais.

A grande questão, neste ponto, é que muitos dos líderes não foram preparados para serem comunicadores. Uma pesquisa feita pela ROI Communication aponta que em apenas 26% das empresas ouvidas, os gestores entendem seu papel na comunicação; apenas 40% delas oferecem capacitação nesse tema para líderes; e somente 24% definem competências gerenciais baseadas em comunicação.

E ao não estarem capacitados para comunicar, esses líderes terão ainda mais dificuldades para manter suas equipes atualizadas com as diretrizes da empresa, promover a escuta e canal aberto para feedback. Esse possivelmente vem sendo o grande desafio para uma boa comunicação interna remota.

3. Escuta e feedback

Como vimos, a questão do feedback e da escuta é muito importante no dia a dia de trabalho. Muitas pessoas estão passando por desafios inesperados, e se o gestor não consegue demonstrar abertura para ouvir, os problemas tendem a permanecer desconhecidos. E como sabemos, a empresa não tem como solucionar algo que não conhece.

Também em muitas organizações faltam canais e rituais estruturados de escuta e feedback, o que aumenta o desafio da comunicação interna remota. Se ouvir os colaboradores não faz parte da cultura da empresa, dificilmente esse hábito surgirá espontaneamente.

Como vimos, este momento de quarentena e isolamento apresenta muitos desafios para a comunicação dentro das empresas. Mas todos esses desafios podem ser solucionados com criatividade, transparência e entendimento da importância de se comunicar bem. A sua empresa teve alguma solução criativa para isso? Conte para nós, no campo de comentários.

Compartilhe isso:

  1. Clique para compartilhar no LinkedIn(abre em nova janela)

  2. Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)

  3. Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)

  4. Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)

#comunicaçãointerna #desafios #liderançaeengajamento

Posts recentes

Ver tudo

©2020 por Santo Caos.